Química na educação

July 23, 2020

Saiba como é o estudo da química na educação e como o melhorar

Tempo de leitura: 4 minutos

Conteúdo do texto: 

  • Introdução; 

  • O que é Licenciatura;

  • Química como um tabu;

  • Como cativar os alunos; 

  • Como a QuímEJ pode ajudar; 

Hodiernamente, há muitas dúvidas e preconceitos a respeito da química em si, tanto por parte de alunos quanto de adultos que a aprendem. O que poucos sabem, é que ela está presente no nosso dia a dia de forma intrínseca, seja no ato de ler esse texto a hora de dormir. 

 

O intuito do texto de hoje apresentado pela equipe QuímEJ é quebrar os tabus impostos sobre a matéria e auxiliar a torná-la mais dinâmica e acessível a todos. 

 

O que é licenciatura? 

 

O curso de licenciatura forma essencialmente educadores. Ou seja, este grau é focado na formação de profissionais que pretendem atuar como professores. Além disso, o tempo de duração do curso costuma ser de 3 a 4 anos. 

 

Dessa forma, esse é um curso essencial, pois todos precisam de professores e semelhantes. E não é diferente com o de química, que tem o objetivo de graduar estudantes prontos para atuar nessa profissão. 

 

Licenciatura em Química

 

Uma grande e admirável profissão, carrega consigo diversos desafios. Considerando a dificuldade de muitos com a matéria e a negação em aprender, o estudante tem como função mudar essa perspectiva.  

 

É trabalhado durante o período de estudo como aplicar as aulas, práticas de pesquisa e desenvolvimento de todos os âmbitos profissionais. Assim, tornando-os mais do que capazes de entrarem em uma sala de aula. 

 

Contudo, a licenciatura não se restringe a somente atuar no ambiente estudantil, o corpo discente também pode, depois de formado, trabalhar em análises, pesquisas, empresas, entre outros.

 

Química como um tabu

 

A linha temporal a cerca da química no mundo, é extensa e conflituosa. Ela com toda certeza é um dos movedores de a ter tornado hoje, um dos maiores tabus. Começamos na origem de tudo, quando ela ainda era chamada de alquimia, contudo, vale lembrar que ela não se resume a esse estudo. 

 

Mediante a leitura do artigo veiculado na Brasil Escola, pode-se observar a respectiva proposição de Diogo Dias Lopes: "Uma prática voltada às transformações da matéria que alia diferentes ciências, como a Química, Física, Astrologia, Filosofia, Arte, Metalurgia, Medicina, Misticismo e Religião. (...) Trata-se da arte de trabalhar e aperfeiçoar os corpos com a ajuda da natureza."

 

Esses estudos fizeram várias pessoas pensarem - e por muito tempo - que se tratava de alguma magia negra, vinculadas a bruxas e magos. E como estavam em um período antigo, a igreja tinha total domínio das sociedades, indo contra tudo que se relacionasse ao "mal" e por consequência, da química. 

 

 

Outro momento histórico influenciador, é o começo das guerras, em que a química foi fundamental. Levando em consideração o início da corrida armamentista, as grandes bombas nucleares e armas biológicas foram criadas, associando automaticamente os dois eventos a esse estudo.  

 

Mesmo que tenha participado dessas criações, como em qualquer outro desenvolvimento tecnológico, ela não pode ser culpada ou banalizada por isso, já que a matéria não tem partido político.

 

Com base nesses paradoxos, ainda há aqueles que a julgam impossível pelos extenso cálculos, formulas e contas, mas é como qualquer outro estudo. Por exemplo, o direito também tem muitas leis e textos, a história tem diversas dadas e livros imensos, mas com dedicação e paciência, tudo pode ser aprendido.

 

Como cativar os alunos? 

 

Após ter conhecimento sobre todos esses desafios que impedem o amor pela química, você deve estar pensando que agora sim, é impossível cativar os alunos, tendo em vista esses inúmeros motivos. Mas é o contrário disso, como dizem os grandes livros históricos de guerra, você precisa conhecer o seu inimigo para poder vencê-lo, e agora tem em suas mãos as suas principais fraquezas. 

 

Levando em consideração que esse conteúdo é ensinado a adolescentes vamos começar pelo primeiro tópico, alquimia. Esse público geralmente é apaixonado por Harry Potter e filmes relacionados a bruxaria, mesmo que ela não se trate disso, vale a pena associar e explicar feitos "bruxos" pelo olhar da química. 

 

 

Em relação ao preconceito gerado pela guerra, ele pode ser trabalhado em função de evidenciar como a química é interessante e fundamental no desenvolvimento de tecnologia. Feitos como: Isótopos Radioativos; Catalisadores; Quimioterápicos e Antibióticos podem chamar a atenção desses alunos.

 

As extensas contas e fórmulas podem assustar qualquer um, mas se feito de forma dinâmica e colorida, irá ajudar na assimilação. Um estudo comprova que quanto mais cor no conteúdo, mais fácil é o aprendizado das crianças, você pode o acessar aqui. Por analogia, experimentos e a materialização do que é ensinado, auxilia na sinapse dos que a aprendem. 

 

Não é novidade a falta de recursos das escolas para providenciar experimentos, por isso a QuímEJ tem um projeto que se chama "Química em casa" postado regularmente no nosso instagram. Esse se consiste em atividades fáceis, com poucos e acessíveis materiais, mas que proporcionam um imenso conhecimento.

 

Como a QuímEJ pode ajudar?

 

Por fim, você sabia que a QuimEJ também presta serviços didáticos? Seja tanto com aula teóricas quanto experimentais, proporcionando o máximo de aprendizado para todos. Nelas estão inclusas também treinamentos de boas práticas em laboratório, conteúdos didáticos e extensivos, produção de documentos como POP’s, manuais e entre outros.

 

Quer conhecer mais sobre a Empresa Júnior, como funciona e o que fazemos? Leia os outros artigos do blog, neles estão incluídas todas as nossas áreas de atuação, principalmente em análises químicas diversas, como de água e minerais.

 

Se você é professor ou participa de qualquer instituição semelhante, entre em contato com a nossa EJ, que assim, poderemos auxiliar de toda forma possível dentro de nossos recursos!

 

Fontes: Guia do Estudante; Mais aprendizagem

 

Please reload

Recent Posts
Please reload

Join My Mailing List
ENDEREÇO

Av. João Naves de Ávila, 2121

Bloco 5I - Piso Inferior

Universidade Federal de Uberlândia

Uberlândia-MG

​​

TELEFONE

Tel: (34) 98879-9676

E-MAIL
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now