Recent Posts
Join My Mailing List

5 conteúdos essenciais de físico-química para quem vai prestar vestibular

Você sabe quais sãos os conteúdos de química mais cobrados no vestibular? Quer mandar bem nessas provas? A equipe QuimEJ te ajuda!

Tempo de leitura: 3 minutos

Conteúdo do texto:

  • Introdução;

  • Soluções;

  • Propriedades coligativas;

  • Termoquímica;

  • Entalpia;

  • Eletroquímica;

  • Como a QuímEJ pode ajudar

Nós da QuímEJ sabemos o quão difícil e angustiante é ser vestibulando. Com base nisso, criamos esse conteúdo no intuito de auxiliar a todos e garantir uma boa nota, em química. A seguir vocês verão cinco ramificações principais sobre a físico-química, que com muita pesquisa, concluímos que são os temas que tem maior frequência nos últimos anos. Boa leitura!

Por analogia, a química em si pode ser separada em três partes principais, a inorgânica, orgânica e por fim, a físico-química que como dito anteriormente, é o nosso foco. No estudo dos fatores que influenciam o rendimento e os processos das reações, ela nos proporciona também uma base de cálculos para comprovar dados, nos apresentando a relação da física com a química.

1- Soluções:

São misturas homogêneas formadas por duas ou mais substâncias, que podem estar nos três estados físicos (sólido, líquido ou gasoso). Desse modo, são constituídas por dois componentes, sendo estes o Soluto e o Solvente.

Soluto: Na maioria das vezes se apresenta em menor quantidade. Nas reações é o que se dissolve.

Solvente: Se encontra em maior quantidade, é quem dissolve o soluto.

Um exemplo comum e do nosso cotidiano que mostra claramente a ação do soluto e solvente, é a mistura da água com açúcar. A água sendo a diluidora do açúcar, é o solvente da reação, e o açúcar o soluto.

2- Propriedades Coligativas:

Essas propriedades dependem somente da concentração do soluto, ou seja, do número de moléculas ou íons presentes em certa quantidade de solvente. Logo, isso significa que não importa qual é a natureza do soluto, mas sim o número de suas partículas presentes na solução.

Para melhor entendimento siga esse raciocínio. Uma água, ao nível do mar, se solidifica à 0 ⁰C e entra em ebulição ao atingir 100 ⁰C. Agora, se adicionar um soluto semelhante a sal ou açúcar, as temperaturas de ebulição e solidificação da solução serão diferentes das obtidas com a água pura. Assim, propriedades como pontos de ebulição e solidificação que se modificam quando se introduz um soluto em um solvente puro, são chamadas de propriedades coligativas.

3- Termoquímica:

Estudo das reações químicas e os fenômenos físicos no qual há troca de energia em forma de calor. Assim, causando mudanças na temperatura ambiente. Desse modo, a termoquímica é a parte da química que estuda a quantidade de calor (energia) envolvida nas reações químicas, sendo formada pelas reações Endotérmicas e Exotérmicas

Reação endotérmica: Reação em que há absorção de calor. Logo, um corpo absorve calor do meio em que ele está inserido. Sendo esse motivo em que é provocado uma sensação de resfriamento.

Um exemplo dessa reação, é o ato de passar álcool em alguma parte do corpo. O braço, por exemplo, absorve o calor dessa substância que ao soprar é proporcionado a sensação de frio, que é o resultado da reação endotérmica.

Reação exotérmica: Trata-se da liberação de calor e, assim, a sensação é de aquecimento.

Um ato prosaico e talvez não tão perceptível que retrata essa reação, seria uma reunião em algum acampamento, por exemplo, em que as pessoas se unem em volta de uma fogueira para assim se utilizar do calor liberado pelas chamas.

4- Entalpia (H):

É a quantidade de energia que se encontra nas substâncias e que pode ser alterada mediante às reações químicas. Assim, essas podem ser exotérmicas ou endotérmicas.

De acordo com a Lei de Hess, a variação da entalpia é a entalpia final, menos a entalpia inicial. Exemplificação:

ΔH = Hf – Hi (Fórmula da lei de Hess)

De acordo com a fórmula, a variação da entalpia é positiva quando a entalpia do produto é maior do que a entalpia do reagente. Isso indica a ocorrência de uma reação endotérmica, pois nesse caso houve absorção de calor. Por outro lado, a variação é negativa quando a entalpia maior é a entalpia do reagente, o que indica a ocorrência de uma reação exotérmica, logo, as reações exotérmicas liberam calor.

5 -Eletroquímica:

É a área da Química que estuda as reações que envolvem a transferência de elétrons e a interconversão de energia química em energia elétrica. Dessa maneira, é aplicada para fabricação de muitos aparelhos utilizados em nosso cotidiano, como pilhas, baterias, celulares, lanternas, computadores e calculadoras.

As reações estudadas na área da Eletroquímica são as de oxirredução, assim, sendo caracterizada pelo ganho e perda de elétrons, Redução e Oxidação respectivamente.

Oxidação: Definida pela perda de elétrons. Desse modo, o elemento que provoca a oxidação é chamado de agente oxidante.

Redução: Definida pelo ganho de elétrons. Dessa maneira, o elemento que provoca a redução é chamado de agente redutor.

Entretanto, para saber quem ganha e quem perde elétrons, deve-se conhecer os números de oxidação dos elementos que pode ser encontrado ao estudar o NOX.

Exemplificação de oxirredução:

Zn(s) + 2H+(aq) → Zn2+(aq) + H2(g)

Com base nisso, o elemento Zinco (Zn2+) é oxidado ao perder dois (representado pelo 2+) elétrons. Ao mesmo tempo, provocou a redução do íon de hidrogênio, sendo então, o agente redutor. Da mesma forma, o íon (H+) ganha um elétron, sofrendo redução. Com isso, provocou a oxidação do zinco, assim é o agente oxidante.

Como a QuímEJ pode ajudar?

Por fim, você sabia que a QuimEJ também presta serviços didáticos? Seja tanto com aula teóricas quanto experimentais, proporcionando o máximo de aprendizado para todos. Nelas estão inclusas também treinamentos de boas práticas em laboratório, produção de documentos como POP’s, manuais e entre outros.

Quer conhecer mais sobre a Empresa Júnior, como funciona e o que fazemos? Leia os outros artigos do blog, neles estão incluídas todas as nossas áreas de atuação, principalmente em análises químicas diversas, como de água e minerais.

Se você é professor ou participa de qualquer instituição semelhante, entre em contato com a nossa EJ, que assim, poderemos auxiliar de toda forma possível dentro de nossos recursos!

Fontes: Mundo educação; Blog do Enem; Livro: Química 2, Físico-Química por Hartwing Souza Mota, pág 61.; Toda matéria; Toda matéria;

ENDEREÇO

Av. João Naves de Ávila, 2121

Bloco 5I - Piso Inferior

Universidade Federal de Uberlândia

Uberlândia-MG

​​

TELEFONE

Tel: (34) 98879-9676

E-MAIL
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now