Recent Posts
Join My Mailing List

Rotulagem de alimentos: como se adequar à ANVISA?

Saiba a importância de uma rotulagem para turbinar as suas vendas e dar mais credibilidade para os seus produtos.

Tempo de leitura: 3 minutos

Conteúdo do texto:

  • Introdução a rotulagem e sua importância

  • Informações a respeito dos rótulos + Tabela nutricional

  • ANVISA e problemas legais

  • Como a QuímEJ tem ajudado e pode ajudar

Hodiernamente, em uma sociedade tão avançada e atenta as informações nutricionais, as informações se espalham com muita facilidade. Com base nisso, a rotulagem dos alimento se torna o influenciador se o seu produto será comprado ou não.

Por exemplo, você está interessado em comprar um novo computador, contudo, quando pesquisa sobre ele, só consegue ver como ele é, mas não há informações sobre a memória, processador e nem nada parecido. Você compraria ele? Ou optaria por um descrito nos mínimos detalhes, para saber se vale mesmo a pena investir o seu dinheiro e se não será uma perda? Porque convenhamos, ninguém está interessado em perder recursos por um produto de baixa qualidade.

Assim é com os rótulos dos alimentos. As exigências acerca das mercadorias aumentam gradativamente e o cliente sente a necessidade de saber se aquele produto é seguro e é um bom investimento. Por isso, a rotulagem é algo fundamental, tanto para a saúde de quem consome quanto para quem vende, evitando o máximo a desconfiança das pessoas que compram em relação a sua marca.

No entanto, é muito interessante focar no marketing para divulgar os seus produtos e atrair a confiança dos compradores, só que legalmente falando, você irá ter sérios problemas se sua mercadoria não estiver de acordo com a lei.

Com isso, todo produto que é vendido em embalagem deve apresentar rótulo e tabela nutricional de acordo com as normas da ANVISA.

O que é um rótulo?